quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Enquanto passo



Saudade
do tempo
em que
o poema
era meu
rosto,

hoje, as linhas
marcam  o
descompasso
e  os
assombros
da Poesia

retina baça,
e tudo passa

O que foi um passo

- passou.




  
Autora: Elke Lubitz
Membro da Academia Jacarehyense de Letras.
Cadeira nº 25